sábado, 7 de junho de 2008

Os aprovados no Edital Proarte.


O secretário estadual de Cultura, Robério Braga, revelou na manhã da quinta-feira, 05/06, no Centro Cultural Palácio da Justiça, o nome dos 21 projetos para 10 áreas culturais, selecionados para receber os incentivos do Programa de Apoio às Artes (Proarte), e disse que além do incentivo para montar os espetáculos, mostras, obras ou pesquisas, os pesquisadores e artistas vão assinar um contrato com a SEC, que garantirá a apresentação dos trabalhos em diversos espaços culturais de Manaus.

Segundo ele, tal contrato deverá ser firmado até a próxima semana e a partir dai as obras entrarão em um processo de produção, que deverá levar em torno de três a quatro meses. Os projetos aprovados e já divulgados são voltados para 10 áreas: teatro, música, dança, artes visuais, circo, cinema e vídeo, cultura indígena, cultura popular, pesquisa artística e cultural e bolsa apoio.

Robério lembrou que, no total, o Proarte recebeu 163 projetos, dos quais 45 foram aprovados por uma equipe técnica composta por membros da Assessoria de Planejamento da Secretaria de Cultura. A partir de então, estes materiais, já adicionados de uma análise documental, foram encaminhados para comissões específicas, de acordo com a área desejada, constituída por membros do Poder Público e da sociedade civil, que por fim, chegou ao número final dos 21 projetos aprovados.

"Por conta da demanda de projetos que recebemos para esta área especificamente, a análise ainda não foi finalizada, mas isto deve levar apenas mais um mês. Então marcaremos uma nota data para apresentarmos todos estes contemplados", complementou o secretário.

O Proarte contou com o aporte total de R$ 800 mil para financiar todos os projetos. Os 21 trabalhos já selecionados contarão com R$ 208.6 mil, os quais serão distribuídos conforme a necessidade específica de cada área.

"Nós tivemos um excelente resultado com esta nossa primeira experiência do Proarte. Em algumas áreas, como por exemplo, teatro, para o qual tivemos 28 propostas passíveis de aprovação final, 23 em música e 22 em cinema e vídeo mostram o quanto a produção local já evoluiu e se fortaleceu. Isso é ótimo para a cultural amazonense, pois nos revela que estamos trilhando um caminho correto", ressaltou Robério Braga.

Áreas contempladas

Puderam participar do Proarte tanto pessoas jurídicas quanto físicas. As inscrições perfaziam um total de 11 áreas: artes visuais (plásticas, gráficas, fotografias e cartuns), pesquisa no campo da cultura popular (registro oral, exposição, criação, produção e edição), pesquisa no campo da cultura indígena (pesquisa geral, edição, exposição, saberes e práticas tradicionais), pesquisa no campo cultural e artístico (pesquisa geral e documental de temas livres ou pré-definidos), música (gravação de master sem prensagem para loja virtual, produção musical inédita de show, concerto ou espetáculos musicais e edição de partitura), dança (estilo com técnicas específicas e danças regionais do Amazonas), teatro (obras infantis e adultas), literatura (romance, conto e crônica, poesia, literatura infantil e juvenil), circo (para projetos individuais e de grupos ou trupes) e cinema e vídeo (filmes de ficção curta metragem e documentários em curta metragem, em temas livres ou pré-definidos de 8 min a 25 min) e bolsa-apoio (destinada a quaisquer tipos de pesquisas acadêmicas e universitárias).

Cada projeto foi analisado segundo os critérios ineditismo, originalidade e qualidade, contemporaneidade, perspectiva histórica e contribuição sócio-cultural para a comunidade e ainda o currículo do participante.

Instituído pelo Governo do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura, o Programa de Apoio às Artes (Proarte) tem por objetivo atender as demandas da sociedade civil na produção artístico-cultural. Através de concurso público, realizado no período entre agosto e outubro de 2007, o programa abriu espaço para a concessão de prêmios a diversos artistas, pesquisadores e outros participantes que não tinham condições de participar do mercado cultural formal.

CONFIRA A LISTA E VEJA QUAIS FORAM OS 21PROJETOS APROVADOS

ÁREA - TEATRO

1 - TEATRO INFANTIL - ANA CLÁUDIA MOTTA DE OLIVEIRA - A PRINCESA E A LUA - R$ 10.000,00

1 - TEATRO ADULTO -
ASSOCIAÇÃO AMAZÔNIA ARTE-MYTHOS - ANTÍGONA - R$ 13.000,00

2 - TEATRO ADULTO - JOSÉ DIEGO DA SILVA - O MARINHEIRO - R$ 10.000,00

3 - TEATRO ADULTO - LABORATÓRIO DE INVESTIGAÇÃO TEATRAL - LIT - AS CRIADAS - R$ 15.000,00

4 - TEATRO ADULTO - NIVALDO MOTTA - DIVINA COMÉDIA CABOCLA - R$ 8.000,00

ÁREA - MÚSICA

1 - GRAVAÇÃO DE MASTER - GERALDO RODRIGUES DA SILVA JÚNIOR - PARTÍ DO ALTO - R$ 12.000,00

2 - GRAVAÇÃO DE MASTER - JAIME PEREIRA - CARAVANA AMAZONAS - R$ 12.000,00

ÁREA - DANÇA 1 - ESTILO COM TÉCNICAS ESPECÍFICAS - COMPANHIA BALLET DA BARRA - A CRIAÇÃO DO MUNDO - R$ 10.000,00

ÁREA - CIRCO - 1 - INDIVIDUAL - ELISANGELA OLIVEIRA NOBRE - LIZ NOBRE - RODA CLOWN - DO ESPETÁCULO AO ENCONTRO - DO ENCONTRO AO ESPETÁCULO - R$ 8.000,00

ÁREA - ARTES VISUAIS - 1 - ARTES PLÁSTICAS - CRISTOVÃO COUTINHO BATISTA - CORPO ÍNDIO, CORPO CONTEMPORÂNEO. R$ 12.000,00

2 - ARTES PLÁSTICAS - FRANCIMAR BARBOSA - LENDAS AMAZÔNICAS - R$ 8.000,00

3 - ARTES PLÁSTICAS - SIDNEY SILVA - ÁGUAS LENDÁRIAS - R$ 6.000,00

ÁREA - CINEMA E VÍDEO -

1 - DOCUMENTÁRIO CURTA METRAGEM - CARLOS JOSÉ FERREIRA DE AMORIM
EU E A AMAZÔNIA: VESPAS SOCIAIS E O HOMEM DA AMAZÔNIA - R$ 11.000,00

2 - DOCUMENTÁRIO CURTA METRAGEM - CRISTIANE GARCIA
DE BABALORIXÁS A BOI-BUMBÁS – A PRESENÇA NEGRA NA PRAÇA XIV DE JANEIRO. R$ 12.600,00

1 - FICÇÃO CURTA METRAGEM - IZIS NEGREIROS - IÇA - R$ 12.000,00

2 - FICÇÃO CURTA METRAGEM - ROBERTO ROGER LOPES SANTANA - CONTO DE ADUACÁ - R$ 12.000,00

ÁREA - CULTURA INDÍGENA - 1 - EDIÇÃO - JHONES RODRIGUES PEREIRA
OS JOGOS E AS BRINCADEIRAS DO POVO TIKUNA - R$ 8.000,00

ÁREA - CULTURA POPULAR - REGISTRO ORAL - ALBERTO JORGE RODRIGUES DA SILVA
O QUÊ QUE A MINA TEM: HISTÓRIA, MEMÓRIAS E TRADIÇÃO EM MANAUS - R$ 8.000,00

ÁREA - PESQUISA ARTÍSTICA E CULTURAL -

1 - PESQUISA GERAL - TEMA LIVRE - SÉRGIO IVAN BRAGA -SANTO ANTÔNIO DE BORBA: DEVOÇÕES E FESTA - R$ 7.500,00

2 - PESQUISA DOCUMENTAL - TEMA LIVRE - JOSÉ GOMES NOGUEIRA - DANÇAS FOLCLÓRICAS REGIONAIS NORTISTAS E NO FESTIVAL MARQUESIANO - R$ 7.500,00

ÁREA - BOLSA APOIO -

1 - TEATRO - FÁBIO SILVA DA COSTA - COM O PROARTE EU VOU BANZEIRANDO DO AMAZONAS AO RIO DE JANEIRO ESTUDAR NA CAL - R$ 6.000,00

Nenhum comentário: